Um caminho pouco conhecido…

Coração Filosofante

ESTRESSE

Qualquer pessoa sensata há de concordar: ser professor/a é desempenhar uma profissão linda, necessária e fundamental para a construção e o desenvolvimento da sociedade humana. Porém, é uma das profissões mais estressantes de nossos tempos. É uma fonte constante de doenças emocionais e psicossomáticas. Tanto é que, ultimamente, de acordo com algumas publicações médico-científicas, os casos de professores com doenças psíquicas tem tido um aumento considerável. Devido às muitas pressões e outros tantos fatores (desprestígio da profissão, violência escolar, falência no sistema de ensino, pedagogias culpabilizantes, desvalorização salarial, etc.) que circundam essa prática profissional, muitos docentes tem engrossado as filas dos consultórios psiquiátricos. É alarmante, eu diria mais: é assustador!

No sentido de refletir um pouco sobre esse assunto, o artigo, aqui disponível em PDF, versa sobre o estresse do professor. O objetivo é trazer contribuições de pesquisas já realizadas sobre o estresse do docente no desenvolvimento de seu trabalho…

Ver o post original 223 mais palavras

Anúncios