Citação

TED Joachim de Posada: "Não coma o marshmallow" — EcoDesenvolvimento
Autodisciplina e habilidade de postergar gratificações – para o pesquisador, são as chaves para o sucesso"Acho que nós descobrimos o fator mais importante para o sucesso”, diz o pesquisador Joachim de Posada. A descoberta foi feita graças a um estudo realizado na Universidade de Stanford e reaplicada na Colômbia por de Posada. Os estudiosos colocavam crianças, entre quatro e seis anos, sozinhas em uma sala e lhes entregava um marshmallow. O teste era saber se elas conseguiriam esperar o avaliador voltar, após 15 minutos, sem comer o doce. As que conseguisse, receberiam mais um marshmallow."Dizer para uma criança de quatro anos esperar 15 minutos por uma coisa que ela gosta é o mesmo que dizer para nós ‘traremos seu café em duas horas’”, brinca. Mas apesar da aparente leveza, a pesquisa revelou dados marcantes.Os dados apontaram que duas de cada três crianças não resistiam e comiam o marshmallow antes dos 15 minutos. Muitos, segundo o pesquisador, comiam o doce logo que ele fechava a porta da sala.As crianças deveriam ficar 15 minutos sozinhas em uma sala com um marshmallow – quem não comesse, ganharia doisPara ele, o interessante foi ver que uma de cada três crianças conseguia esperar, apesar do sacrifício e do desejo de saborear o doce. "Aquela criança já entendia, com quatro anos, o princípio mais importante para o sucesso. A habilidade de postergar a gratificação", diz.Esses dados se tornam ainda mais representativos com a realização de estudos complementares, 15 anos depois, com as mesmas crianças – que agora já eram adultos entre 19 e 21 anos. "Descobriram que 100% das crianças

que não comeram o marshmallow eram bem-sucedidas. Uma grande porcentagem das crianças que comeram o marshmallow estavam em apuros", conta de Posada.

Para o estudioso, as lições do experimento podem e devem ser reaplicadas em todas as situações da vida. Em tempos de crises sociais e catástrofes ambientais, elas se tornam ainda mais importantes. "Nós precisamos aprender esses princípios porque temos uma dívida enorme. Estamos comendo mais marshmallows do que produzimos", conclui.

Anúncios